Bagagem: novas regras

A liminar que suspendia a cobrança pela bagagem despachada foi derrubada. Com isso, algumas companhias aéreas divulgaram seu calendário e regras de cobrança, havendo franquia apenas para a bagagem de mão, até 10kg, levada a bordo. Confira abaixo.

CompanhiaVoos domésticosVoos internacionais
AviancaNão haverá alteração de tarifas agora, mas estuda uma tarifa mais barata para quem não despachar bagagem, no futuro.Não divulgou
AzulA partir de 1 de junho, terá uma tarifa pelo menos R$30,00 mais barata para quem não despachar bagagem. A tarifa com bagagem inclusa continua como é hoje.América do Sul: gratuidade para primeira mala de 23kg e cobrança de US$50 pela segunda. Para outros destinos, a gratuidade será dada também à segunda mala de 23kg.
GolA partir de 20 de junho haverá uma passagem R$30,00 mais barata para quem não despachar bagagem, em comparação com a de quem despachar.O valor da bagagem para quem comprar a tarifa mais barata será de US$10.
LatamCobrará R$30,00 pela primeira mala de 23kg, com previsão de início até final de junho. A segunda mala de 23kg tem, já em vigor, cobrança de R$80,00.América do Sul: gratuidade para primeira mala de 23kg e cobrança de US$9 pela segunda. Para outros destinos, a gratuidade será dada também à segunda mala de 23kg.

As informações devem ser verificadas com as companhias aéreas antes de qualquer compra ou viagem. A Great Travel apenas utiliza este canal como informação aos seus clientes e não tem responsabilidade sobre as regras e suas alterações.