Ticino é um destino com algumas facetas muito diferentes. Um canto encantador da Suíça que é rico em contrastes naturais. Em apenas alguns quilômetros você pode viajar a partir do maciço de Gotthard até as doces colinas de Mendrisiotto. O clima é sempre suave. E a lenta mudança das estações vê os meses passando ao ritmo da “dolce vita”. Na parte de língua italiana da Suíça, qualquer época do ano pode ser um feriado, onde você pode fugir da rotina 365 dias por ano.

É onde convivem palmeiras e geleiras, ‘la dolce vita’ e esportes extremos, igrejas antigas e arquitetura moderna. Na parte mais meridional da Suíça, onde há sempre um toque de Itália no ar, os opostos se fundem em completa harmonia.

Um lugar onde pode-se caminhar através de uma geleira na parte da manhã e cochilar sob as palmeiras na parte da tarde. Na região de Locarno, isso é mais do que possível. Por um lado, você pode fazer uma caminhada no parte alpina de Ticino, por vales tranquilos e aldeias isoladas, e, por outro lado, você pode passear pela animada Piazza Riforma, em Lugano, com a sua atmosfera descontraída do Mediterrâneo ‘dolce vita’. Uma viagem através do tempo a partir do antigo batistério do ano 1.500 ano, em Riva San Vitale, à capela ‘avant-garde’ de Mario Botta, em Monte Tamaro. Isso em menos de 30 minutos.

Mesmo a história da comida e bebida é rica e variada. Graças a influências culinárias da vizinha Itália, a ‘povera cucina’ – pobre cozinha de Ticino – passou dos pratos de castanha e farinha a pratos diversos e muitas vezes premiados. De rústicas grutas a elegantes templos gourmet, existem muitas iguarias para descobrir. O ditado local diz: “É tão bonito aqui que à noite as estrelas se amontoam mais juntas para que todas possam brilhar sobre o paraíso”.

Mendrisio: 60 anos da ‘sagra dell’uva’
Três quartos das uvas Ticino Merlot são cultivadas na Mendrisiotto. Portanto, não é realmente surpreendente que a ponta sul da Suíça celebre a colheita de uvas extensivamente. A origem da festa do vinho “sagra dell’Uva” remonta à II Guerra Mundial e celebra o seu 60º aniversário em 2016. As antigas festas rurais, durante as quais os agricultores e viticultores da região exibem seus produtos, tornaram-se um festival de folclore, atraindo pessoas de todo o entorno. As ruas da cidade velha de Mendrisio tradicionalmente explodem em vida no último fim de semana de setembro. Iguarias locais são preparadas para os visitantes em vários pátios internos, sempre em companhia de música. Não é de surpreender que um brinde seja feito com um copo de Merlot.

A ponte suspensA Carasc
Em maio de 2015, a maior ponte suspensa tibetana na Suíça, com um comprimento de 270 metros, foi aberta perto de Bellinzona e recebe milhares de visitantes desde então. Ligando Bellizonese às trilhas de Locarnese, abre um novo percurso a pé de quatro horas com atrações abundantes. O passeio por vinícolas, que convidam os visitantes a provar o excelente Ticino Merlot, leva até a pitoresca vila de Curzutt, que já recebeu o Prêmio Wakker, da Swiss Heritage Society. No centro da aldeia, com as típicas casas de pedra Ticino, uma pequena casa de hóspedes recebe os visitantes para uma pausa bem merecida.
A pequena igreja de San Barnard está a apenas uma curta caminhada. Lá você pode se maravilhar com afrescos preciosos dos séculos XIV e XV. Cruzando a nova ponte suspensa, um profundo canyon de 100m promete adrenalina e uma vista magnífica.

Parco Botanico Eisenhut
O entusiasta de plantas e viveirista Otto Eisenhut criou um magnífico jardim botânico contendo mais de 17.000 metros quadrados em Gambarogno, no Lago Maggiore. O parque está localizado no terraço montanhoso entre Piazzogna e Vairano e tem sido plantado com muita dedicação e habilidade. São 950 variedades de camélia, 800 variedades de magnólia, azaléias, peônias e rododendros. Você ainda pode ver heras, pinheiros e arbustos de zimbro, bem como raras e exóticas plantas européias.
Paradoxalmente, é precisamente a falta de sol no inverno que cria as condições para este milagre botânico. À medida que a temperatura varia apenas minimamente durante a estação fria, impede que as plantas sensíveis de brotar muito cedo e depois congelar durante uma onda de frio tardia.

O aeroporto de Lugano-Agno, a apenas poucos quilômetros do centro da cidade de Lugano, tem vôos vindos de Zurique e Genebra, que estão ligadas a vários destinos na Europa e em todo o mundo.
Além disso, há os aeroportos internacionais de Milão Linate, Milão Malpensa e Milano Orio al Serio, todos acessíveis a partir de Ticino em menos de uma hora.

A Rede Ferroviária Federal Suíça liga Ticino às principais cidades européias e pode ser acessada diretamente da Basileia, Zurique e Milão.
O ‘Centovalli’ Railway liga Locarno a Domodossola, na Itália.

Christmas Markets in Ticino
01 Nov 2016 – 06 Jan 2017
Com o Natal se aproximando, grandes cidades e pequenas aldeias estão cheias de barracas, música, luzes, o perfume de biscoitos e vinho quente, pinheiros decorados e janelas brilhantes. As praças e centros históricos em Ticino vestem-se, iluminadas por milhares de pequenas luzes e estrelas. Um ambiente acolhedor e encantador, com música de Natal e o delicioso cheiro das tradicionais iguarias locais.
A oportunidade de conhecer e encontrar presentes originais, para agradar a todos os sentidos.

Locarno on Ice
24 Nov 2016 – 06 Jan 2017
Fragrâncias, música e efeitos de luz enchem o coração de Locarno com uma aparência calorosa e acolhedora de Natal. Durante o Locarno on Ice, a Piazza Grande transforma-se em um lugar de conto de fadas, com uma pista de gelo espetacular cercada por tapetes vermelhos, um terraço parcialmente coberto e aquecido, um palco para apresentações ao vivo, quatro grandes bares-iglus transparentes e uma série de pequenos chalés onde se pode desfrutar de várias especialidades gastronômicas.
Apreciar boa comida, brindar com os amigos, patinar no gelo sob encantadoras luzes de Natal, assistir a um concerto ao vivo ou uma das inúmeras atividades programadas para crianças e adultos: Locarno on Ice é sem dúvida o lugar perfeito para passar o tempo com amigos e familiares durante a temporada de inverno.

Rabadan Carnival em Bellinzona
04 a 09 Fev 2017
Bellinzona é famosa por seu carnaval. Rabadan, o nome desta celebração, significa literalmente ruído. Por alguns dias, mais de 150.000 pessoas celebram a alegria pelas ruas. Isso faz de Rabadan o maior carnaval da Suíça, depois do carnaval na Basileia.
O líder desta celebração é o “rei” eleito pela associação de carnaval. Na Quinta-feira GOrda, o primeiro dia de carnaval, o prefeito de Bellinzona entrega as chaves da cidade e pelos próximos cinco dias os foliões irão governar a capital de Ticino.
A sexta-feira de carnaval é dedicada aos mais jovens: é o desfile para os crianças de Bellinzona e da vizinhança. No sábado, bandas de carnaval, os chamados Guggen, de Ticino e da parte de língua alemã da Suíça, fazem suas apresentações até tarde da noite.
O destaque da Rabadan é o grande desfile no domingo. Cerca de cinquenta bandas carnavalescas e carruagens participam do Grande Corteo Mascherato.
O Rabadan oferece uma ampla variedade de atividades de entretenimento para seus visitantes: concurso de máscara, torneios de cabo-de-guerra, teatros nas ruas e o prato mais tradicional de Ticino: risoto. Várias barracas oferecem comida e bebida.

Envie-nos sua consulta

* Obrigatório

Nome*

E-mail*

Telefone (com DDD)*

Como conheceu a Great Travel?*

Mensagem